Seu navegador nao suporta javascript, mas isso nao afetara sua navegacao nesta pagina

Conselho Nacional de Procuradores-Gerais - CNPG

Menu
<

A mensagem “Combater a corrupção depende de todos nós” chegará a 100 mil números de telefone celular da Vivo no Estado do Paraná, via SMS. Isso, graças a um convênio celebrado pelo Conselho Nacional de Procuradores-Gerais do Ministério Público dos Estados e da União (CNPG) com a operadora de telefonia móvel. E o Ministério Público do Paraná (MPPR) foi o primeiro a aderir ao convênio. Os torpedos começaram a ser enviados nesta quinta-feira (29) para clientes da operadora com números no estado citado. 

O acordo tem como objetivo divulgar e incentivar a adesão à campanha nacional “O que você tem a ver com a corrupção?”, que é desenvolvida pelo CNPG. Em todo o país, a previsão é que sejam enviados 2,7 milhões de torpedos.

No Paraná, o termo de parceria foi firmado no último dia 20. A mensagem, na íntegra, a ser enviada a partir desta quinta-feira (29) terá os seguintes dizeres de alerta à população do Estado: “Dica Vivo: combater a corrupção depende de todos. Uma ação do Ministério Público Brasileiro – CNPG. Saiba mais em www.oquevocetemavercomacorrupcao.com”.

O termo com o MPPR foi assinado pelo procurador-geral de Justiça, Gilberto Giacoia, pelo coordenador estadual do movimento, promotor de Justiça Eduardo Cambi, e pelo diretor territorial da Vivo no Paraná e Santa Catarina, Jackson Rodrigues.

Convênio CNPG-Vivo

A parceria entre o CNPG, a coordenação nacional da Campanha “O que você tem a ver com a corrupção?” e a Vivo S/A foi firmada no dia 17 de outubro com a finalidade de ampliar a divulgação da campanha no país.

O objetivo é buscar a prevenção da ocorrência de novos atos de corrupção, por meio da educação de gerações futuras, além de incentivar a população a participar fazendo denúncia.

 

 

 

.: voltar :.