Seu navegador nao suporta javascript, mas isso nao afetara sua navegacao nesta pagina

Conselho Nacional de Procuradores-Gerais - CNPG

Menu
<

O Laboratório de Tecnologia Contra a Lavagem de Dinheiro (LAB-LD) da Paraíba começa a entrar em operação já no primeiro semestre do ano que vem. A previsão é do secretário nacional de Justiça do Ministério da Justiça, Paulo Abrão, afirmando que é uma questão de tempo para a licitação e compra dos equipamentos. E essa é a mesma previsão para os LAB-LD dos estados do Amapá e Acre. As assinaturas dos acordos de cooperação federativa com os três estados ocorreram na noite desta quinta-feira (29), no Centro de Convenções Angola, no Complexo Turístico Mussulo, no município do Conde, na Região Metropolitana de João Pessoa, durante a reunião anual da Estratégia Nacional de Combate à Corrupção e à Lavagem de Dinheiro (Enccla 2012-2013) – 10ª edição.

Com a presença do ministro da Justiça, José Eduardo Cardoso, os acordos de cooperação foram assinados pelos procuradores-gerais de Justiça Oswaldo Trigueiro do Valle Filho (do Ministério Público do Estado da Paraíba – MPPB e presidente do Conselho Nacional de Procuradores-Gerais do Ministério Público dos Estados e da União-CNPG), Patrícia de Amorim Rego (do Ministério Público do Estado do Acre – MPAC) e Ivana Lúcia Franco Cei (do Ministério Público do Estado do Amapá – MPAP).

“A Paraíba já possui importante base de dados de combate ao crime organizado e esse laboratório que conseguimos vai nos dar ainda mais eficiência e qualidade nas informações necessárias”, reafirmou o procurador-geral paraibano. Na Paraíba, o Ministério Público vai disponibilizar espaço físico e pessoal para o funcionamento do Laboratório, enquanto que o Ministério da Justiça entra com os equipamentos e a capacitação de pessoal.

A criação de mais nove Laboratórios de Tecnologia Contra a Lavagem de Dinheiro (atualmente são 16 em funcionamento e um em fase de implantação) alcançará principalmente estados das Regiões Norte e Centro-Oeste, uma vez que atualmente a maior parte dos laboratórios está localizada no eixo Sul-Sudeste. A Paraíba está sendo o único do Nordeste entre os novos LAB-LD, que são montados com equipamentos e softwares para análises de dados em procedimentos que apuram a prática da lavagem de dinheiro e de corrupção.

 

 

.: voltar :.