Seu navegador nao suporta javascript, mas isso nao afetara sua navegacao nesta pagina

Conselho Nacional de Procuradores-Gerais - CNPG

Menu
<

7a5a96b51aO Conselho Nacional dos Procuradores-Gerais dos Estados e da União (CNPG) está apoiando a proposta de criação do Dezembro Transparente, que visa ao engajamento social por meio da transparência em prol da prevenção à corrupção.

Neste ano, partindo do Dia Internacional de Combate à Corrupção, 9 de dezembro, está sendo proposta a definição de um mês do ano permanentemente dedicado à consolidação da cultura da transparência no Brasil, visando à integridade e à prevenção à corrupção.

Para isso, o Instituto Não Aceito Corrupção, idealizador da iniciativa, convidou as instituições Transparência Internacional, Transparência Brasil e Transparência Partidária para que pudessem dar as mãos e construir, juntamente com outras entidades, o Dezembro Transparente. A proposta pretende possibilitar um tempo de evoluir em matéria legal e tempo de consolidar uma verdadeira cultura republicana, ética e democrática.

Os idealizadores da proposta defendem a importância da absorção social cada vez maior da transparência como estratégia essencial e o engajamento progressivo e permanente da sociedade nesta causa.

O grupo de entidades que dá o pontapé inicial nesta iniciativa está promovendo uma semana virtual de transparência e combate à corrupção, que iniciou no último dia 7 até 11 de dezembro, com eventos organizados pelos integrantes do grupo, apresentando dados, premiando iniciativas, propondo novas ideias e debatendo.

Uma das ações concretas de mobilização é a adesão a um abaixo-assinado que reitera a importância de criação da data e manifesta apoio à aprovação do Projeto de Lei nº 4685/2020, em tramitação na Câmara dos Deputados. O projeto de lei é de autoria do deputado federal por São Paulo Roberto de Lucena, que propõe a instituição do mês denominado Dezembro Transparente, dedicado ao combate à corrupção.

Clique aqui  para ler a íntegra do PL.

Para aderir ao abaixo-assinado, clique aqui.

 

.: voltar :.