Seu navegador nao suporta javascript, mas isso nao afetara sua navegacao nesta pagina

Conselho Nacional de Procuradores-Gerais - CNPG

Menu
<

A I Reunião Ordinária de 2012 do Grupo Nacional de Direitos Humanos do Conselho Nacional dos Procuradores-Gerais (GNDH/CNPG) foi aberta, nesta terça-feira (27/03), na sede do Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro, pelo presidente do CNPG, Procurador-Geral de Justiça do Rio, Cláudio Lopes. O evento contou com a presença do Presidente do GNDH, Procurador-Geral de Justiça do Estado do Rio Grande do Sul Eduardo de Lima Veiga, reuniu os Presidentes das Comissões Permanentes do GNDH e contou com palestra do advogado e cientista social Felipe Dutra Asensi.

O Presidente do CNPG, Cláudio Lopes, ratificou a confiança no GNDH. “Desde o último encontro, em Belo Horizonte/MG, assumimos o compromisso de estimular o trabalho do GNDH, que é um braço importante para o CNPG, mas para a sociedade antes de tudo”, comentou Cláudio Lopes.

Em seguida, o Presidente do GNDH, Eduardo de Lima Veiga, disse que o século 21 é o dos Direitos Humanos. “Em minha primeira oportunidade de falar formalmente ao Grupo, peço que nossas antenas continuem ligadas à voz das ruas. O GNDH hoje é uma realidade, e quero reafirmar o compromisso que nos motiva: promover a dignidade das pessoas”, explicou Eduardo de Lima Veiga.

O encontro contou ainda com participação de jovens ritmistas do projeto social Spanta Neném, que apresentaram clássicos da música popular brasileira e presentearam os Presidentes do CNPG e do GNDH com camisa e CD.

Ao abrir sua palestra, o autor do livro “Indo além da Judicialização: o Ministério Público e a Saúde no Brasil”, o advogado Felipe Dutra Asensi, destacou o papel da instituição na carreira. “Conheci o mundo jurídico através do MP”, revelou. 

Pela tarde, os trabalhos prosseguem com as reuniões simultâneas das Comissões Permanentes, que se estendem até quarta-feira (28/03) com a conclusão dos trabalhos na Reunião Plenária.

Além dos Procuradores-Gerais do Rio de Janeiro e do Rio Grande do Sul, compuseram a mesa de honra o Subprocurador-Geral de Justiça de Atribuição Originária Institucional e Judicial do Rio, Antonio José Campos Moreira; Subprocurador-Geral de Justiça de Direitos Humanos e Terceiro Setor do Rio, Leonardo de Souza Chaves; a Secretária Executiva do GNDH/CNPG, Promotora de Justiça Angela Salton Rotunno; Coordenador da Comissão Permanente de Defesa da Saúde (COPEDS), Promotor de Justiça do Estado de Minas Gerais Gilmar de Assis; Coordenadora da Comissão Permanente da Infância e Juventude (COPEIJ), Promotora de Justiça do Estado da Paraíba Soraya Soares Nóbrega Escorel; Coordenadora da Comissão Permanente de Defesa da Pessoa com Deficiência e do Idoso (COPEDPDI), Promotor de Justiça do Estado do Rio Grande do Norte Rebecca Monte Nunes Bezerra; Coordenador da Comissão Permanente de Defesa dos Direitos Humanos (COPEDH), Promotor de Justiça do Estado do Paraná Fábio Bruzamolin Lourenço; Coordenadora da Comissão Permanente de Combate à Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher, Promotora de Justiça do Estado do Mato Grosso Lindinalva Rodrigues Dalla Costa; e a Coordenadora da Comissão Permanente de Educação (COPEDUC), Promotora de Justiça do Estado do Espírito Santo Maria Cristina Rocha Pimentel.



Fonte: Ascom MPRJ

.: voltar :.