Seu navegador nao suporta javascript, mas isso nao afetara sua navegacao nesta pagina

Conselho Nacional de Procuradores-Gerais - CNPG

Menu
<

O Ministério Público de Pernambuco (MPPE) sedia a Ação Nacional Estruturante: Qualidade de Vida no Trabalho, do Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP), nos dias 9 e 10 de junho. O evento faz parte do cronograma do Fórum Nacional de Gestão (FNG) do CNMP e contará com a realização de curso e palestra para os integrantes do Ministério Público Brasileiro que integram o Comitê de Políticas de Gestão de Pessoas (CPGP).

De acordo com a coordenadora do Grupo de Trabalho Qualidade de Vida (GT Qualidade de Vida), a servidora do MPPE Josyane Bezerra, essa Ação Estruturante foi um pleito do CPGP, que defendeu a realização do evento após estudos e pesquisas nas unidades do Ministério Público Brasileiro avaliando o quantitativo de licenças médicas e índice de adoecimento nas Instituições.

A ação contará com a participação do coordenador-geral do FNG, promotor de Justiça do MP do Mato Grosso do Sul, Paulo Roberto Gonçalves Ishikawa, e de membros e servidores do Ministério Público de todo o Brasil. A ideia é proporcionar aos membros e servidores que atuam na área de Gestão de Pessoas um momento de reflexão e debate sobre o assunto. Ao final, será apresentada uma proposta de atuação, com o intuito de consolidar uma cultura organizacional que privilegie a saúde (física e mental), embasada nos levantamentos realizados pelo Comitê.

Segundo os dados levantados pelo CPGP, em 2015, houve um crescimento de 10% na quantidade de afastamentos de membros e servidores em virtude de licença médica com relação aos exercícios de 2013 e 2014. O custo aproximado desses afastamentos é de R$ 115 milhões, considerando a remuneração mensal de cada categoria e o período de afastamento. Apesar de 55% das unidades terem Programa de Qualidade de Vida e em 65% existir departamento médico ou junta médica, apenas 25% realizam avaliação médica periódica.

Na programação está prevista a abertura pelo procurador-geral de Justiça, Carlos Guerra de Holanda e palestra da professora Ana Cristina Limongi-França, com o tema Qualidade de Vida no Trabalho: Firmando Conceitos e Importâncias.

Ao final das oficinas, deverá ser elaborado um Acordo de Resultados sobre Qualidade de Vida no Trabalho para implementação em todos os Ministérios Públicos.

.: voltar :.