Seu navegador nao suporta javascript, mas isso nao afetara sua navegacao nesta pagina

Conselho Nacional de Procuradores-Gerais - CNPG

Menu
<

WebmailFaceBook do CNPGTwitter do CNPGRSS

<<  <  Novembro 2018  >  >>
 Seg  Ter  Qua  Qui  Sex  Sáb  Dom 
     1  2  3  4
  5  6  7  8  91011
12131415161718
192022232425
2627282930  

 

Liminar requerida pelo Ministério Público de Rondônia, por meio de ação civil pública, determinou a suspensão do programa habitacional que previa doações dos lotes do município de Nova Brasilândia do Oeste aos servidores públicos daquele município. Em caso de descumprimento será aplicada multa diária de R$ 500,00.

 

A liminar foi concedida pela Juíza Roberta Cristina Garcia Macedo em atendimento a ação civil pública subscrita pelo Promotor de Justiça André Luiz Rocha de Almeida. Da análise da lei e do decreto municipal que teve por objeto a doação dos terrenos, o Ministério Público concluiu que apenas os servidores públicos municipais, efetivos e em exercício, podem requerer o benefício legal e não pode possuir imóvel em seu nome no âmbito do município de Nova Brasilândia, nem seu cônjuge. O interessado deve também comprovar capacidade financeira para, num prazo de dois anos, concluir a obra. Tais requisitos, de acordo com o MP, afrontam o princípio fundamental da igualdade estabelecido pelo artigo 5º da Constituição Federal.



Fonte: Ascom MPRO

 

.: voltar :.