Seu navegador nao suporta javascript, mas isso nao afetara sua navegacao nesta pagina

Conselho Nacional de Procuradores-Gerais - CNPG

Menu
<

WebmailFaceBook do CNPGTwitter do CNPGRSS

<<  <  Dezembro 2018  >  >>
 Seg  Ter  Qua  Qui  Sex  Sáb  Dom 
       1  2
  3  4  5  6  7  8  9
10111213141516
171920212223
24252627282930
31      

Nesta terça-feira (10/04) aconteceu a solenidade de inauguração da nova Sede do Ministério Público de Santa Catarina (MPSC), em Mafra. A nova edificação abrigará as três Promotorias de Justiça da Comarca. As novas instalações atendem às normas de acessibilidade e também visam a otimização no uso dos recursos naturais, caracterizando-se como uma instalação moderna e sustentável. Com a nova sede, localizada na Avenida Coronel José Severiano Maia, n. 846, no centro de Mafra, o MPSC ampliará sua capacidade de atendimento na região. O horário de atendimento ao cidadão é das 13h às 19h. Durante a solenidade, o coordenador Administrativo da Comarca, Promotor de Justiça Alicio Henrique Hirt, destacou o que representa este novo momento do MPSC para a cidade. ''O que poderia ser uma desvantagem sair de dentro do Fórum para ir para nosso próprio espaço, hoje vai de encontro ao exercício das nossas atividades'', destacou. O Secretário-Geral do MPSC, Promotor de Justiça Fernando da Silva Comin, reforçou a importância da nova sede para cidade. ''A sede do MPSC hoje faz parte da história de muitos Promotores de Justiça que passaram pela região e também é a história do povo daqui. Tenho certeza que o maior legado que fica é do exemplo de amor e dedicação à causa pública de cada um que atuou nesta região'', ressaltou.

Em seguida, o Subprocurador-Geral de Justiça para Assuntos Institucionais, Fábio de Souza Trajano, lembrou, em seu discurso, sobre a evolução do atendimento e atribuições do MPSC. ''Nosso leque de atribuições aumentou significativamente nos últimos anos. A nova estrutura que temos mostra que avançamos muito. Essa mesma estrutura facilita o desenvolvimento de programas institucionais e a aproximação com a comunidade. Com certeza vai se transformar em resultados positivos para toda a sociedade'', disse.

O Subprocurador-Geral de Justiça para Assuntos Administrativos, Cid Luiz Ribeiro Schmitz, destacou a importância da sede própria para a comunidade de Mafra. ''Pelas mudanças que estamos passando no país, não poderíamos deixar a população de Mafra sem um Ministério Público atuante. Essa casa aqui é confortável e bonita. Todo cidadão que precise do MPSC poderá vir aqui e será muito bem atendido.

Presente no evento, o prefeito de Mafra, Wellington Roberto Bielecki, destacou a importância da nova sede e falou sobre o desenvolvimento do município. Agradecemos o investimento do MPSC na cidade. Sabemos das causas da instituição e da seriedade do trabalho desenvolvido. Nossa cidade passa por um momento de transformação, com crescimento como uma das principais cidades com maior índice de geração de empregos. Quando as coisas acontecem em um município é porque a sociedade está engajada, disse.

Encerrando a solenidade, o Procurador-Geral de Justiça, Sandro José Neis, enfatizou o mérito da região, que agora recebe mais investimentos por parte do MPSC. Mafra é formada por uma comunidade compreensiva e acolhedora. Uma sociedade caracterizada pela parceria, pela amizade e pelo respeito, mesmo aos pensamentos divergentes. Esta postura é histórica e é, também, exemplar nos tempos atuais, onde a sociedade brasileira vive um grande período de inquietação. Inspirado nessa postura, o MPSC passa a ter, aqui, instalações que visam ampliar o relacionamento com a comunidade mafranse. Inauguramos hoje uma nova casa, uma nova casa da cidadania, um novo instrumento de transformação social para esta região do estado.

NOVA SEDE DO MPSC

Distribuída em mais de 300 metros quadrados, a nova sede do MPSC possui recursos sustentáveis. Entre eles, luminárias com a tecnologia LED, que garantem maior eficiência luminosa e baixo consumo de energia e duas redes de água, onde uma delas reaproveita a captação da água da chuva e do dreno do sistema de ar-condicionado para utilizá-la nos vasos sanitários.

Todo o prédio segue as normas de Acessibilidade (NBR 9050). Os banheiros adaptados contam com botão de pânico. Em todos os ambientes os interruptores e tomadas estão nas alturas adequadas. As portas de todas as salas possuem largura de 90 cm para atendimento da norma de acessibilidade.

SOLENIDADE

Estiveram presentes as seguintes autoridades: Sandro José Neis, Procurador-Geral de Justiça; Fábio de Souza Trajano, Subprocurador-Geral de Justiça para Assuntos Institucionais; Cid Luiz Ribeiro Schmitz, Subprocurador-Geral de Justiça para Assuntos Administrativos; Fernando da Silva Comin, Secretário-Geral; Alicio Henrique Hirt, Promotor de Justiça e Coordenador Administrativo da Comarca de Mafra; Rodrigo Cesar Barbosa, Promotor de Justiça de Mafra; Filipe Costa Brenner, Promotor de Justiça de Mafra; Bianca Andrighetti Coelho, Promotora de Justiça de Papanduvas; Diogo Luiz Deschamps, Promotor de Justiça de Rio Negrinho; Karen Damian Pacheco Pinto, Promotora de Justiça de Rio Negrinho; Luis Otávio Tonial, Promotor de Justiça de Canoinhas ; Pedro Roberto Decomain, Promotor de Justiça de Itaiópolis; Rafael Pedri Sampaio, Promotor de Justiça de Rio Negrinho; Luiz Ricardo Duarte, Coronel da Polícia Militar e Chefe da Casa Militar do MPSC.

Também participaram da solenidade: Wellington Roberto Bielecki, prefeito de Mafra; Adilson Sabatke, Presidente da Câmara de Vereadores de Mafra; Alexandro Possenti, Juiz da Vara Cível Rio Negro; Fernando Orestes Rigoni, Juiz da 1ª Vara Cível de Mafra. Rui Maurício Ribas Rucinski, Procurador da República de Mafra; Eliane Lima Araujo, Procuradora do Estado, representando a Procuradoria Geral do Estado Regional de Mafra; Major da PM, Marcelo Pereira; Rafaello Ross Delegado Regional de Mafra; Murilo Mengarda, representando a subseção da OAB de Mafra; Darci Mazur, representando o comando do Corpo de Bombeiros; Helton Neumann Leal, Diretor do Presídio Regional de Mafra; Carlos Eduardo Kochnski, Advogado; Antenor Rauen Júnior, Advogado; Elza Maria Sokolski Conselheira Tutelar de Mafra; Rodrigo Morillos, Juiz do Fórum de Rio Negro (PR), Gisele Silverio da Silva, Promotora de Justiça de Rio Negro; André Luiz Lopes de Souza, Juiz Diretor do Fórum de Mafra.   

.: voltar :.