Seu navegador nao suporta javascript, mas isso nao afetara sua navegacao nesta pagina

Conselho Nacional de Procuradores-Gerais - CNPG

Menu
<

 

 

Em solenidade realizada no final da tarde dessa segunda-feira (5), o procurador-geral de Justiça do Ministério Público do Estado da Paraíba (MPPB), Oswaldo Trigueiro do Valle Filho, deu posse a 165 assessores jurídicos dos promotores de Justiça da instituição. A solenidade teve início às 17h15, no Auditório Espaço Cultural do Centro Universitário de João Pessoa (Unipê), em João Pessoa.

 

 

 

No auditório lotado por assessores, familiares e convidados, o secretário-geral do MPPB, promotor de Justiça Francisco Lianza, fez a leitura do termo de posse de Jackson Lucena Santos, representando todos os demais assessores que tomavam posse. Logo em seguida, também representando os empossandos, o assessor Arthur Maciel Chaves discursou aos presentes.

 

 

 

“O Ministério Público não é uma conjuntura, mas uma instituição séria e atual. Nossa chegada ao Ministério Público nos orgulha e será uma experiência se precedentes em nossas vidas”, discursou o assessor Arthur Chaves, acrescentando: “Só temos a agradecer ao procurador-geral de Justiça por essa oportunidade e pela sua confiança em nós”.

 

 

 

Além do procurador-geral, do secretário-geral e do representante dos empossandos, a mesa da solenidade ainda foi composta pelo primeiro-subprocurador-geral Nelson Lemos; pela segunda-subprocuradora-geral Kátia Rejane Lucena, que também foi a presidente da Comissão de Seleção de Assessores; o corregedor-geral Alcides Jansen; e o presidente da Associação Paraibana do Ministério Público (APMP), Amadeus Lopes Ferreira.

 

 

 

Também compuseram a mesa da solenidade os promotores de Justiça Clístenes Bezerra de Holanda, Rodrigo Marques Nóbrega, Francisco Seráfico da Nóbrega, Dimitri Nóbrega Amorim, José Leonardo Clementino Pinto.

 

 

 

O promotor Rodrigo Marques discursou em nome da Corregedoria Geral, ressaltando que a posse dos assessores é um marco na história do Ministério Público da Paraíba. “A posse desses jovens demonstra que estamos honrando o compromisso administrativo do passado. Faz parte da transformação que passa o Ministério Público. É o reflexo de uma administração moderna”, apontou o promotor, cujas palavras foram endossadas pela procuradora de Justiça Kátia Rejane, que agradeceu ao empenho dos integrantes da Comissão de Seleção dos Assessores e o apoio de servidores da casa.

 

 

 

Em seu discurso, o procurador-geral de Justiça Oswaldo Filho ressaltou que a posse dos assessores era um sonho que se realiza. “Ao se pensar o apoio aos promotores de Justiça, estamos dando um presente à sociedade paraibana. Já que vamos possibilitar a oferta de melhores serviços”.

 

 

 

E ele fez questão de ressaltar: “Esta administração não é o projeto de uma só pessoa, mas um projeto construído por muitos colegas. O saldo final vale cada gota de lágrima derramada e cada noite mal dormida”. No final, dirigiu-se aos 165 assessores jurídicos que tomavam posse: “Vocês podem e vão fazer a diferença. Mas para isso é necessário o compromisso com a instituição, com a sociedade, com o bem servir ao próximo (…) Pois a instituição é forte pelas pessoas que ela compõe”.

 

 

 

Preparação

 

 

 

Os 165 bacharéis em Direito que tomaram posse e que vão atuar nas Promotorias de Justiça de todo o estado passaram por uma seletiva de entrevistas e por um treinamento, promovido pelo Centro de Estudos e Aperfeiçoamento Funcional (Ceaf) do Ministério Público do Estado da Paraíba (MPPB). Foi um ciclo de três turmas do 'Curso de Formação Para Assessores de Promotores de Justiça': duas em João Pessoa e uma em Campina Grande. O curso foi uma espécie de treinamento com caráter de aperfeiçoamento para os bacharéis que assumiram a função de assessores jurídicos dos promotores de Justiça.

 

 

.: voltar :.